Existem diversas razões que nos devem levar a optar por escolher vinhos com rolha de cortiça. Graças às diversas campanhas institucionais, aos artigos e documentários independentes os consumidores começam a estar cada vez mais sensibilizados para elas.
-Os montados de cortiça são a base do ecossistema da bacia mediterrânica e por isso os responsáveis pela preservação de centenas de espécies vegetais e animais.
-A rolha de cortiça é o vedante com a menor pegada de carbono (CO2) na sua produção e utilização. Se a isso juntarmos as toneladas de CO2 retidas pelos sobreiros então estamos perante um enorme elemento de “descarbonização” do nosso consumo.
-A indústria da cortiça é responsável em Portugal por cerca de 12.000 postos de trabalho directos. Além disso, é dos poucos sectores em que somos lideres mundiais, com mais de 50% da produção de cortiça e das exportações do seu principal produto (rolhas).
-Por muito que queiram dizer o contrário, a rolha de cortiça é o melhor amigo do vinho. Logo à partida do ponto de vista técnico/desempenho, pois permite que o vinho mesmo depois de engarrafado continue a evoluir através de uma micro-oxigenação controlada de forma natural. Mas também do ponto de vista de imagem para o vinho, pois os estudos de opinião apresentam a rolha de cortiça como vedante de eleição dos consumidores.

Infelizmente, o poder de optar e escolher ainda não foi dado aos consumidores. Até aqui ninguém se tem preocupado em informar qual o tipo de vedante utilizado nas garrafas. Está nas nossas mãos exigir:
-aos engarrafadores/produtores de vinho
-aos retalhistas e comerciantes de vinho
-aos governantes nacionais

OS CONSUMIDORES QUEREM TER O PODER DE ESCOLHER. Queremos ter acesso à informação do tipo de vedante utilizado nas garrafas antes de as abrirmos, só assim podemos fazer compras de forma consciente. Só assim poderemos fazer escolhas que defendam o interesse de todos nós através da preservação do meio ambiente.

Veja o texto desta petição